terça-feira, 11 de setembro de 2012

Jardim do Seridó: Um pouco da triste realidade e Pedido ao Prefeito


Matheus Araújo
Minha Jardim do Seridó 
És minha querida cidade
Foi terra do algodão mocó
E hoje não tem capacidade
De gerar um emprego só

Os motivos são muitos
E nem todos posso citar
Mas digo o que ajudou
À esta cidade afundar
O povo nele votou
Falo aqui de Jocimar

Desculpa senhor prefeito
Posso assim o chamar
Mas não fostes eleito
Por meu voto ganhar
E muito menos aprovado
O povo estar à falar

Quero fazer um pedido
Ao senhor prefeito
Para aceitar o debate
E dizer o que foi feito
Ou será feito na verdade

Lamento aos demais
Ter que falar assim
Mais é que não há paz
Na minha querida Jardim
De ter um prefeito capaz
De só trabalhar no fim

Além de isto tudo
Na cidade em questão
O prefeito-candidato
Não deu nem atenção
E deixou atrasar
o salário da Educação

Se no tempo da campanha
Não pagou à Educação
Perdendo a credibilidade
E trazendo muita indignação
Merece o voto dos professores?
Eu acho que merece não!

Não adianta mentir e enganar
Por isso peço à Jocimar
Para aceitar o debate
Pois se não der empate
O cantor termina de ganhar

Quero saudar à você
Que prestigiou meus versos
Apenas sou novo na poesia
Mas é para conosco lutar
Para ter o debate um dia

Por isso senhor Jocimar
Trate logo de aceitar
O pedido do povo
De um debate participar
E falar para o povo

Obs.: Não queria tomar lado, mas de coração digo que infelizmente não vi Jardim crescer, mesmo com algumas obras, mas uma cidade não cresce da forma que o prefeito atual tentou, mas de tantas outras formas. Espero que quem não estiver no partido da oposição atual, entenda que se o prefeito não aceitar será uma vergonha para a cidade toda, pois a mídia repercute: Prefeito de Jardim do Seridó. Continuo meu blog com postagens culturais, abrindo só este espaço para esta triste realidade atual.

2 comentários:

  1. José Ricardo Silva-Brasília/DF11 de setembro de 2012 08:26

    Parabens meu amigo

    ResponderExcluir
  2. menino vc ta erretado no verso...
    adorei...(larissa de bam)

    ResponderExcluir